Televisão ainda é o veículo preferido dos brasileiros para buscar informação, segundo dados da pesquisa CNT/MDA

A pesquisa do instituto MDA encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), em que foi medida a popularidade do presidente Michel Temer e traçou o cenário da eleição presidencial, quis saber também como o brasileiro se atualiza. De acordo com os números, a televisão ainda é o principal meio de informação (51,8%), seguida pela internet (39,4%) e pelo jornal impresso (3,4%).

A maior parte (40,6%) dos entrevistados afirma que não compartilha notícias na internet. Entre os que compartilham, 33,1% dizem evitar a divulgação de notícias que não são verdadeiras e 16,8% dizem que nem sempre se preocupam com a veracidade da informação compartilhada; 5,9% afirmam que, se for do seu interesse, compartilham a informação sem checar.

Dos entrevistados, 54,0% dizem não saber que há uma reforma política tramitando no Congresso Nacional. Com relação ao modelo eleitoral, 74,0% afirmam preferir que os candidatos sejam eleitos pelos votos obtidos diretamente; 3,7% acham que os candidatos devem ser eleitos pela soma dos votos do partido e 15,4% por uma combinação das duas formas.

Sobre a operação Lava Jato, 79,9% dizem que estão acompanhando, enquanto 20,1% não estão acompanhando. 78,5% afirmam que aprovam a Lava Jato na investigação de casos de corrupção envolvendo políticos e empresários. 9,3% a desaprovam e 7,7% não a aprovam e nem a desaprovam. Para 54,0%, a Operação Lava Jato está beneficiando o Brasil. 24,0% avaliam que ela não está beneficiando nem prejudicando; e 15,9% acham que ela está prejudicando o país.

Conversa Franca - Aquiles Emir

Dono do Datailha nega que instituto seja fantasma

O estatístico Josiel de Novaes, proprietário do instituto Datailha, encaminhou nota a diversos blogs  contestando reportagem republicada a partir do Blog do Gláucio Ericeira (reveja) apontando que a empresa funciona num endereço fantasma.

Na nota, ele diz que o instituto possui sede física – que fica na mesma rua do endereço apontado no CNPJ pesquisa pelo jornalista – e que é “idôneo”.

“O INSTITUTO É IDÔNEO com capacidade técnica, e conta com a colaboração de diversos profissionais de diversas áreas do conhecimento relacionados a Pesquisa de Opinião Pública, já tendo realizado diversos trabalhos em dezenas de municípios do Estado do Maranhão. O compromisso do instituto é se valer da melhor técnica estatística, para realizar seu trabalho com excelência, com o objetivo se tornar uma das maiores referências no mercado de Pesquisa de Opinião. Portanto o trabalho do instituto DATAILHA, é pautado exclusivamente pela ética profissional e na melhor técnica estatística, na busca pela excelência não levando adiante nenhum tipo de trabalho que fuja desses princípios”, diz a nota.

Blog do Gilberto Léda apurou e esteve no local onde o estatístico diz que funciona a empresa. De fato, o imóvel localiza-se três números acima do indicado no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), o que parece estranho, principalmente porque na rua não há qualquer edifício, o que impediria um instituto de funcionar no aptº 1002, como indicado no documento oficial. Sobre isso, o proprietário não se manifestou no comunicado.

Local

Por telefone, o jornalista Glaucio Ericeira confirmou que uma pessoa, auxiliando o seu blog, esteve no local e que, como chegou pela Lagoa, não conseguiu ver o imóvel com a pequena placa do Datailha. Além disso, sustenta, ele não iria procurar pelo instituto no número 8, se a numeração no CNPJ era 6.

Recém-pintado

Outra curiosidade é que a fachada da empresa aparentemente foi pintada recentemente. No endereço, o Blog do Gilberto Léda constatou que ainda há marcas de tinta azul pelo chão, revelando que o serviço foi recém-concluído.

Contato

Josiel de Novaes chegou a ser procurado pelo Blog do Gilberto Léda ainda na noite de segunda-feira (18), logo após a publicação original, de Glaucio Ericeira.

O Jornalista Gilberto Léda tentou ainda contato a partir do número de telefone informado também no CNPJ. Nunca houve retorno.

Do Blog Gilberto Léda

Se o Plano “A” não empolgar, Braide pode ser o Plano “B”?

Já circula nos bastidores políticos que caso a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) não se empolgue em sair candidata, pela quinta vez consecutiva, na disputa ao Palácio dos Leões, em 2018, o nome do grupo Sarney pode vir a ser o do deputado estadual Eduardo Braide (PMN).

Braide cresceu bastante depois de ter sido bem avaliado na última disputa eleitoral municipal em São Luís, quando em 2016, perdeu apenas por um quantitativo de mais de 41 mil votos contra o prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT), que teve o apoio do governador Flávio Dino (PCdoB).

De lá pra cá, Braide tem se mostrado um ferrenho adversário do chefão comunista no Maranhão, com intervenções pontuais e ásperas na tribuna da Assembleia Legislativa contra o governo estadual.

Há quem diga que o Plano "B", caso Roseana resolva não encarar uma nova corrida eleitoral, Braide seria a ponte para garantir a desocupação dos comunas do Palácio dos Leões.

Falta só oficializar o convite!

Blog Mario Carvalho

Carioca já vislumbra pré-candidatura a deputado estadual com apoio de Kassab

O polêmico ex-vereador de São Luís, Paulo Roberto Pinto Lima, mais conhecido pela alcunha de "Carioca" (foto), já trabalha com a possibilidade real de vir a disputar uma cadeira à Assembleia Legislativa do Maranhão, em outubro de 2018, pelas hostes do Partido Social Democrático (PSD). Segundo ele, a vontade é enorme de voltar à cena política tanto na capital quanto no estado. "Fui convidado recentemente pelo presidente nacional do PSD, o ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, a me filiar na legenda e concorrer a um cargo proporcional neste novo pleito e quem sabe até, em 2020, sair candidato a prefeito de São Luís", declarou. Em 2012, Carioca ficou na primeira suplência à Câmara Municipal da capital, obtendo um quantitativo de 2.893 votos pelo PRTB, perdendo a vaga para o vereador Beto Castro. No segundo semestre de 2016, chegou a ocupar por mais de um mês a cadeira como titular do Legislativo, após determinação judicial que afastou, temporariamente, o vereador Beto Castro, por compra de votos. Na época, Beto era seu adversário político, mesmo sendo os dois mancebos do mesmo partido. Agora, Carioca disse que retorna renovado, com novos planos e com todo gás para enfrentar uma nova campanha eleitoral.

Blog Mario Carvalho

Instituto que aponta vitória de Flávio Dino no primeiro turno possui endereço fantasma

Criado em julho do ano passado, três meses antes do pleito nos 217 municípios do Maranhão, o Instituto Data Ilha, responsável por uma pesquisa de intenção de voto divulgada neste último fim de semana e que apontou vitória do governador Flávio Dino (PC do B) no primeiro turno derrotando a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), funciona em um endereço fantasma.

A empresa, no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (veja abaixo), está registrada com o nome JM De Novaes – ME, tendo como nome de fantasia Data Ilha, e foi aberta no dia 19 de julho de 2016.

Possui como sede, segundo o documento, um apartamento, de número 1002, localizado na Rua das Jacanas, na Ponta do Farol, bairro nobre da capital São Luís.

No entanto, no referido endereço, conforme constatou o editor do blog nesta segunda-feira (18), não existe nenhum prédio e sim uma casa onde vizinhos informaram tratar-se, tão somente, de um imóvel residencial.

Pelo menos quatro moradores da referida Rua consultados pelo editor do blog afirmaram não ter conhecimento de que no endereço funcione uma empresa de pesquisa e de opinião pública.

Ano passado, o recém-criado Data Ilha realizou alguns levantamentos em cidades da Região Metropolitana e do interior.

Na mais recente pesquisa divulgada sobre a disputa pelo comando do Palácio dos Leões, que se tornou pública após o Instituto Escutec divulgar levantamento mostrando vitória de Roseana sobre Dino, o Instituto de endereço desconhecido revelou que o governador comunista venceria a peemedebista em todos os cenários no primeiro turno.

Do Blog do Glaucio Ericeira